Acessibilidade

Seinfra consulta IPHAN sobre continuidade da obra do igarapé da Cachoeira Grande

A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) definiu nesta segunda-feira, (27/11), depois de se reunir com a superintendente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no Amazonas, Karla Bitar, a retomada em definitivo das obras de revitalização urbanística e social do Igarapé da Cachoeira Grande, onde está situada a Comunidade Arthur Bernardes.

Participaram da reunião realizada ontem pela manhã na sede do IPHAN, situada na Travessa Vivaldo Lima, no centro histórico de Manaus, na zona Sul da cidade, além da superintendente do IPHAN, Karla Bitar, engenheiros e técnicos da área ambiental da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) e da empresa Laghi Engenharia e Projetos Ltda, responsável pela vistoria do terreno, prospecção e elaboração do relatório referente à possível existência de sítios arqueológicos no local.

O encontro desta segunda-feira serviu para definir alguns pontos abordados na reunião anterior, realizada no gabinete do secretário de Estado de Infraestrutura, Oswaldo Said.

Dentre as decisões tomadas ontem, destacam-se a de dar prosseguimento ao processo que segue a Instrução Normativa de n. 01/2017 do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, IPHAN; e a que permitiu a continuidade da obra.

Sensível à importância social e urbanística da requalificação da área, o IPHAN, por intermédio de sua superintendente, Karla Bitar, anuiu à continuidade da obra, que deverá ser entregue em 2018.

Além da urbanização da área, situada entre as avenidas Arthur Bernardes e Kako Caminha, no bairro de São Jorge, na zona Oeste de Manaus, serão realizados serviços de requalificação urbanística do igarapé da Cachoeira Grande, com obras de terraplenagem, macrodrenagem, microdrenagem, pavimentação e a implantação de duas quadras bairros totalizando 512 habitações para o atendimento das famílias vitimadas pelo incêndio de 2012.