Notícias

Aeroportos de Parintins já está operando com aeronaves de grande porte

O aeroporto Julio Belém, de Parintins, já está operando com vôos de grande porte, como os Boeing 737, de forma definitiva, depois da reconstrução de sua pista, numa extensão de 1.800 metros, e das melhorias realizadas na área de taxiamento de aeronaves, realizada pelo Governo do Estado do Amazonas; através da Secretaria de Estado de Infraestrutura – SEINF. Leia Mais

Compensa ganha nova via de escoamento

O bairro da Compensa, situado na zona Oeste de Manaus, e que no próximo sábado estará comemorando mais um ano de fundação, vem recebendo um número bastante expressivo de obras por parte do Governo do Estado, com destaque para as intervenções do PROSAMIM e da ponte sobre o rio Negro. Leia Mais

Governo do Estado implanta moderno sistema de gestão de obras

A Secretaria de Estado de Infraestrutura recebeu a visita, nesta última quarta-feira, 20, pela manhã, a visita do assessor de Transportes e Obras do Governo de Minas Gerais, Luiz Fernando Telles; e do técnico Eduardo Antônio Lopes, que fizeram a apresentação de dois programas que o novo Sistema de Gestão de Infraestrutura do governo mineiro, e que será adotado pelo Governo do Estado do Amazonas, primeiramente na SEINF e posteriormente em todas as secretarias afins. Leia Mais

SEINF implanta ISO-9001

A Secretaria de Estado de Infraestrutura realizou na última quarta-feira, dia 6, à tarde em seu auditório, na Alameda Cosme Ferreira, n.º 7.600, bairro do Coroado, o lançamento oficial do Programa de Gestão de Qualidade e implantação da ISO-9001. O Programa de Gestão de Qualidade está inserido no projeto de modernização da máquina administrativa do estado preconizado pelo governador Eduardo Braga. Leia Mais

Aeroportos vão ter R$ 125 milhões em investimentos

Dez aeroportos de municípios do Amazonas (Parintins, Maués, Borba, Barcelos, Santa Izabel do Rio Negro, Manicoré, Lábrea, São Paulo de Olivença, Humaitá e Fonte Boa) que serão beneficiados com a ampliação e reforma, já estão com os projetos executivos prontos, elaborados pela Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (Comara) e vão exigir recursos da ordem de R$ 125 milhões. Leia Mais